Olho nelas!

“Tem na Netflix?”

A resposta para as 20 séries desta lista é: por enquanto, não. Mas isso simplesmente porque elas ainda não estrearam. Com o grande investimento da gigante do streaming em séries originais — é basicamente o Peak TV do Peak TV —, fica cada vez mais difícil acompanhar tudo o que chega ao catálogo praticamente semana sim, semana também. Como filtrar tanto conteúdo?

Acredite, há muito mais séries originais que chegarão à Netflix em 2020, mas a lista abaixo destaca as principais, em termos de expectativa da mídia especializada ou do público — seja pela história ou pelos nomes envolvidos. Basicamente, aquelas em que mais vale a pena ficar de olho. Todas, vale ressaltar, já estão confirmadas para estrearem este ano.

LOCKE & KEY

Um gigantesco jogo de empurra-empurra atrasou esta série de enfim sair do papel por anos. Inicialmente desenvolvida para o Hulu, foi descartada e acabou migrando para a Netflix. Produzida por Carlton Cuse (Lost), Locke & Key adapta a história escrita por Joe Hill e ilustrada por Gabriel Rodriguez. Depois de o pai dos três irmãos Locke ser morto em circunstâncias para lá de misteriosas, eles se mudam para a mansão dos ancestrais, Keyhouse, onde descobrem chaves mágicas que podem estar ligadas à morte do pai. À medida em que as crianças exploram as diferentes chaves e seus segredos específicos, um misterioso demônio acorda e não vai parar até roubar os artefatos. O elenco é composto por Darby Stanchfield (Nina), Jackson Robert Scott (Bode), Connor Jessup (Tyler), entre outros. Estreia em 7 de fevereiro.

HOLLYWOOD

Ryan Murphy está transferindo oficialmente o seu legado para a Netflix, e sua primeira série produzida pela gigante do streaming (levando em consideração que The Politician, apesar de distribuída pela Netflix, é produção da Fox 21 Television Studios) é Hollywood. Estrelada e produzida por Darren Criss, a série é descrita como “uma carta de amor à Era de Ouro de Tinseltown”, e promete cobrir várias narrativas da Hollywood da década de 1940. O elenco conta também com David CorenswetJim ParsonsHolland TaylorMaude Apatow e Laura Harrier. A estreia está marcada para 1º de maio.

RATCHED

E falando em Ryan Murphy, a outra série original da Netflix que ele estreia ainda este ano é Ratched. Baseada em um roteiro especulativo dda novata Evan Romansky, a história vai se iniciar em 1947, acompanhando a jornada da enfermeira Mildred Ratched, de Um Estranho no Ninho. A trama vai acompanhar a sua transformação em um ‘verdadeiro monstro’, seguindo a progressão de seus assassinatos em sistemas públicos de saúde mental. Sarah Paulson, obviamente, é a protagonista, e Michael Douglas é um dos produtores executivos ao lado de Murphy.

SPACE FORCE

Protagonizada por Steve CarellJohn MalkovichBen Schwartz e Noah Emmerich, a comédia é uma criação de Carell junto ao showrunner Greg Daniels, roteirista que adaptou The Office para o formato norte-americano, além de se cocriador de Parks and Recreation. A história, sem cair muito longe da árvore, é uma comédia de trabalho sobre um grupo de pessoas que recebem a tarefa de criar o sexto braço das Forças Armadas: a Força Espacial. Ainda não há data de estreia.

THE EDDY

Damien Chazelle (La La LandWhiplash) se une a Jack Thorne (His Dark MaterialsExtraordinário) para a sua primeira série original para a Netflix. The Eddy promete girar em torno de um bar em Paris em que o dono, Elliot Udo (Andre Holland), se apaixona por Maja (Joanna Kulig), uma cantora de talento, porém temperamental e alcoólatra. Enquanto tenta se livrar das dificuldades financeiras, a vida dele sofre uma reviravolta quando a filha adolescente, Julie (Amandla Stenberg), aparece na cidade.

CURSED

Protagonizada por Katherine LangfordCursed é uma espécie de reimaginação da lenda do Rei Arthur através do olhar de Nimue uma heroína adolescente com um dom misterioso e destinada a se tornar a poderosa — e trágica — Dama do Lago. Após a morte de sua mãe, ela encontra um parceiro inesperado em Arthur, um jovem mercenário em uma missão para encontrar Merlin e entregar uma espada antiga. Durante a jornada, Nimue se tornará um símbolo de coragem e rebelião contra os terríveis paladinos vermelhos e seu cúmplice Rei Uther. Baseada no livro homônimo de Tom Wheeler, a série ainda não tem data de estreia.

BRIDGERTON

Shonda Rhimes está pronta para começar a fazer valer seu contrato multimilionário com a Netflix. A sua primeira série para o canal de streaming será Bridgerton, baseada na coleção de livros homônima de Julie Quinn. A história acompanha a rica família para narrar uma história de riqueza, luxúria e traição durante o período da Regência Britânica. Julie Andrews compõe o elenco, mas ainda não há data de lançamento.

A MALDIÇÃO DA MANSÃO BLY

Após o sucesso de A Maldição da Residência HillMike Flanagan dá sequência à sua antologia de terror com A Maldição da Mansão Bly. Baseada no romance “A Volta do Parafuso”, de Henry James, a história acompanha uma mulher jovem que consegue um emprego cuidando de duas crianças. Embora Flora e Miles aparentem ser ingênuos, aos poucos essas crianças, que moram em um casarão afastado em Bly, no condado de Essex, vão revelando um lado mais assustador e inconstante. O elenco conta com os retornos de Victoria PedrettiOliver Jackson-CohenHenry Thomas e Kate Siegel.

SELENA: THE SERIES

A história da cantora Selena Quintanilla chega para uma nova geração. Selena: The Series traz Christian Serratos (The Walking Dead) como a saudosa artista, e a série, descrita como um “coming of age”, irá contar a ascensão daquela que ficou conhecida como a Madonna da música texana. Cantora, compositora, designer e vencedora do Grammy, Selena morreu ao ser baleada pela presidente de seu fã-clube, em março de 1995, quando tinha apenas 23 anos de idade.

NEVER HAVE I EVER

Mindy Kaling e Lang Fisher dividem o posto de showrunners nesta comédia sobre a vida complicada de uma jovem da primeira geração de Indianos Americanos. Poorna Jagannathan encabeça o elenco, que conta também com Sendhil Ramamurthy, Maitreyi Ramakrishnan, Richa Shukla e John McEnroe — este como o narrador.

I AM NOT OKAY WITH THIS

Nova série dos criadores de The End of the F***ing World protagonizada por Sophia Lillis (It – A Coisa), I Am Not Okay With This gira ao redor de Sydney, adolescente sarcástica que navega pelos dramas do ensino médio, ao mesmo tempo em que equilibra sua complicada família, o florescer da sexualidade… e a descoberta de ter super-poderes misteriosos. Christy Hall fica a cargo da direção dos episódios escritos por Jonathan Entwistle, enquanto Wyatt Oleff, Sofia Bryant e Kathleen Rose Perkins completam o elenco. Não há data de lançamento.

ONISCIENTE

Novo drama futurístico de Pedro Aguilera, criador de 3%Onisciente se passa em um mundo onde todas as pessoas são vigiadas por um Sistema Onisciente. Cada cidadão é seguido constantemente por um drone quase imperceptível, enquanto as taxas de criminalidade tendem a zero. O sistema parece perfeito, até que a jovem Nina descobre um assassinato que não foi relatado, e assume para si a missão de descobrir o que ele tenta esconder. Estreia no dia 29 de janeiro.

REALITY Z

Baseada na série britânica Dead Set, dos criadores de Black MirrorCharlie Brooker e Annabel Jones, a série mistura terror, humor e reality. A história se inicia quando um apocalipse zumbi eclode, e os participantes do programa Casa dos Deuses acabam estando entre os únicos sobreviventes. Sabrina Sato está no elenco, com Guilherme WeberAna HartmanEmilio de MelloCarla Ribas e Jesus Luz. A direção é de Cláudio Torres.

TINY PRETTY THINGS

Inspirada no livro homônino de Sona Charaipotra e Dhonielle Clayton, Tiny Pretty Things é ambientada no mundo do balé de elite e acompanha a ascensão e a queda de jovens adultos que vivem longe de suas casas, cada um deles à beira do sucesso ou do fracasso. A primeira temporada terá 10 episódios, e tem roteiro de Michael MacLennan.

AWAY

Com produção de Matt Reeves (Planeta dos MacacosThe Batman) e Jason Katims (Friday Night Lights), Away será um drama espacial protagonizado por Hilary Swank como a astronauta Emma Green, que precisa deixar marido e filha na Terra a fim de comandar uma missão espacial perigosa em direção a Marte. A história é descrita como uma jornada de “esperança e humanidade”, mostrando como a união é a chave para alcançar o impossível.

BOM DIA, VERÔNICA

Com Tainá MüllerCamila Morgado e Du Moscovis no elenco, Bom Dia, Verônica é uma nova série brasileira inspirada no livro homônimo escrito por Raphael Montes e Ilana Casoy. Trata-se de um romance policial que acompanha Verônica Torres (Müller), uma mulher casada e mãe de dois filhos, que trabalha como escrivã na delegacia de Homicídios de São Paulo e leva uma rotina burocrática. Quando ela presencia um suicídio, é levada a enfrentar dolorosas feridas, ao mesmo tempo em que recebe a ligação anônima de uma mulher desesperada clamando por sua vida.

SELF MADE: INSPIRED BY THE LIFE OF MADAM C.J. WALKER

Protagonizada por Octavia Spencer como Madame C.J. Walker, a série biográfica vai contar a história da ativista social tida como a primeira mulher negra milionárioa dos Estados Unidos a contruir a sua própria fortuna, através de uma linha de produtos capilares e de beleza para mulheres negras. A dramatização é inspirada no livro “On Her Own Ground”, de A’Lelia Bundles, bisneta de Walker. Blair UnderwoodTiffany Haddish e Carmen Ejogo também constituem o elenco.

FIREFLY LANE

Estrelada por Katherine Heigl e da mesma produtora de Dawson’s CreekMaggie FriedmanFirefly Lane adapta o livro homônimo de Kristin Hannah, campeão de vendas pelo New York Times e lançado no Brasil com o título “Amigas para Sempre” (ed. Arqueiro). A trama acompanha duas mulheres durante quatro décadas, unidas por um forte e complicado laço de amizade.

#BLACKEXCELLENCE

Primeira série do showrunner Kenya Barris (Black-ishGrown-ishMixed-ish) após ter migrado da ABC para a Netflix, #BlackExcellence tem no elenco Rashida Jones e traz o próprio criador indo para a frente das câmeras pela primeira vez. A história é uma comédia familiar sobre um pai “irreverente e honesto” em suas relações.

THE BABY-SITTERS CLUB

Versão televisiva de O Clube das Babás, a série terá Alicia Silverstone (As Patricinhas de Beverly Hills) e Mark Feuerstein (Royal Pains) no elenco. A história é baseada na saga literária de Ann M. Martin, e vai acompanhar a relação entre Kristy Thomas, Mary Anne Spier, Claudia Kishi, Stacey McGill e Dawn Schafer, cinco amigas inseparáveis residentes de Connecticut. Com seus próprios problemas, obstáculos e alegrias, elas se aproximam ainda mais quando uma integrante do grupo inicia um serviço de babá. Silverstone será Elizabeth Thomas-Brewer, a mãe da protagonista Kristy Thomas.

BÔNUS: A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM

Além das muitas séries novas, é claro que algumas das queridinhas do público também retornam com novos episódios este ano. Entre elas, é claro, estão Stranger ThingsEliteLa Casa de Papel13 Reasons WhyAtypicalSex EducationGrace and FrankieShe-Ra e as Princesas do PoderBoJack HorsemanBetter Call SaulLuciferThe Society, etc…

FONTE: ADOROCINEMA

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.