Estrela de Game of Thrones e X-Men abriu o jogo sobre sua saúde mental.

Paul Bruinooge/Getty Images

Sophie Turner abriu o jogo sobre sua saúde mental em entrevista ao podcast Phil in the Blanks, de Dr. Phil. A intérprete de Sansa Stark em Game of Thrones revelou que enfrenta um quadro depressivo desde a adolescência, e que pretende passar um tempo longe dos holofotes para cuidar de sua saúde.

Turner contou que sofre depressão “há cerca de cinco ou seis anos”, algo que começou quando tinha por volta de 17 anos. Segundo ela, os comentários nas redes sociais a fizeram ficar preocupada com a sua aparência e como era vista por outras pessoas.

“Começou quando eu atingi a puberdade e eu ganhei peso, e isso passou a me afetar. Meus amigos estavam indo para a Universidade, e eu estava trabalhando, mas ainda estava morando com os meus pais. Então eu ficava bastante solitária”, contou. “Eu não tinha motivação para fazer nada, eu não saía com os meus amigos, não queria ir sair para comer com eles, não queria vê-los. Eu só chorava, chorava e chorava. Não havia nada que eu quisesse fazer.”

Atuando desde 2011 em Game of Thrones, Turner explicou como a exposição à mídia a afetou: “Eu recebia muitos comentários sobre a minha pele, meu peso e sobre como eu não era uma boa atriz. E eu simplesmente acreditava nisso. Eu lia aquilo e pensava: ‘É, minha pele é ruim, sou gorda, sou uma atriz ruim.’ Eu era muito autoconsciente e isso me afetava criativamente. [Nos sets], eu pedia para apertarem meu espartilho e não conseguia focar muito na personagem porque estava preocupada com Sophie.”

A amizade com Maisie Williams, intérprete de sua irmã Arya Stark na série da HBO, é algo que Turner considera ter sido “destrutivo” por um período de tempo, para ambas:

Jeff Kravitz/Getty Images

“Maisie e eu crescemos juntas, e saíamos juntas. Ser amigas foi um tanto destrutivo, porque nós estávamos passando pelas mesmas coisas”, relembra, destacando que a diferença de idade entre elas é apenas de um ano. “Nós chegávamos em casa dos sets, passávamos em um supermercado, comprávamos comida e voltávamos para os nossos quartos para comer na cama. Não socializávamos com ninguém a não ser nós mesmas.”

A atriz explica que, atualmente, está muito melhor. Ela faz terapia e se cuida com medicamentos. “E agora eu estou com uma pessoa que me faz enxergar que eu tenho boas qualidades”, abre o jogo a respeito do noivo, Joe Jonas. “Quando alguém te diz que te ama todos os dias você passa a se perguntar por quê, e começa a se amar.”

Ainda assim, ela alerta que já chegou a pensar em suicídio: “É estranho, eu dizia que não estava muito deprimida quando era mais nova, mas eu pensava muito em suicídio. Talvez fosse só uma obsessão. Eu costumava pensar muito sobre isso, mas não acho que chegaria a fazer alguma coisa.”

Turner retorna aos cinemas em junho, com a estreia de X-Men: Fênix Negra, e se prepara para a turnê de divulgação do filme. Atualmente, porém, ela não tem grandes planos para o futuro depois de Sansa Stark: “Eu estou dando um tempo do trabalho para focar na minha saúde porque acho que é importante.”

FONTE: ADOROCINEMA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.