“Não é um filme político”, prometeu o diretor.

Theo Marques / Folhapress

Com estreia prevista para o dia 7 de setembro, Polícia Federal – A Lei é Para Todos foi apresentado dia 28 de agosto a uma plateia muito seleta em Curitiba. Entre os convidados estavam os juízes Sérgio Moro, Marcelos Bretas e o procurador Deltan Dallagnol, além de delegados, policiais e servidores da justiça.

De acordo com a Folha de São Paulo, que acompanhou o evento, Moro foi recebido com “aplausos contidos” e disse apenas que estava “ansioso” antes do início da sessão. O diretor Marcelo Antunez (Um Suburbano Sortudo, Qualquer Gato Vira-Lata 2) ressaltou que “não é um filme político, é de entretenimento”, antes de apresentar a produção de R$16 milhões, uma das mais caras do cinema brasileiro recente, inteiramente financiada por investidores privados.

O filme relata os bastidores da operação da Lava Jato, tendo os policiais e Moro como heróis da investigação. Os maiores nomes envolvidos no caso – Lula, Dilma, Dona Marisa, Marcelo Odebrecht, Alberto Youssef e Newton Ishii, o “japonês da Federal” – estão retratados na trama.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.